Quem diria que um “sessentinha” fosse arrancar suspiros até das mulheres mais jovens. Calma, gatas! Estamos falando do modelo da bota over the knee – ou over ou super longo -, como também é conhecido. Por esbanjar estilo, essa bota pode dar a impressão de algo recente, mas ela surgiu nos anos 60 e voltou com todo o seu glamour e poder. Aliás, esse é o tipo de calçado que atribui à mulher poder e feminilidade de sobra. O sucesso está estampado nas vitrines virtuais, como a Shafa, que conta com catálogos inteiros só dedicados a este modelo.

Os outros modelos de botas que me desculpem, mas o glamour que a bota over the knee oferece a este tipo de produção é imbatível. Dêem só uma olhada neste modelo? É de cair o queixo.

Essas botas são um símbolo de sexualidade, mas apesar de ser autêntica e marcante, ela não necessariamente precisa ser “berrante” ou desproporcional. Vale sempre pensar no ambiente que você vai, o código de vestimenta do local e assim, escolher em qual peça você quer dar destaque. Confira a seguir algumas dicas valiosas.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Coturno feminino: como usar esse calçado

Vestido com bota over ou calça: como usar?

Este é o tipo de calçado que já nasceu para chamar a atenção. A bota over geralmente é a escolha certa para mulheres com personalidade e que gostam de imprimir seu estilo original nas peças que utiliza. Mas isso não é uma regra. A bota over the knee pode ser usada por mulheres de todos os perfis. Vamos a alguns exemplos de looks:

  • Comportado: é possível montar produções mais discretas também, com calça ou com peças da mesma cor e com blazers e casacos compridos fica super elegante. A bota pode ficar mais camuflada com meia da mesma cor e outras peças sobrepostas. Os modelos mais neutros, de couro e salto baixo são perfeitas. Eu me apaixonei por esse modelo.
  • Balada: esse tipo de look com a bota combinada com shorts, saias curtas, vestidos e meias é imbatível e receita de sucesso.

  • Sofisticado: para quem quer ser sensual, mas sem perder a sofisticação pode combinar uma saia comprimento midi justa com a bota over the knee e casacos compridos. Vale usar e abusar de acessórios como xales, cachecóis, gorros e boinas.
  • Poderosa: para aquele estilo “gata de botas”, vale apostar em vestido e saia com fenda e blusas, body ou cropped e sobretudo.
  • Casual chique: a bota over the knee não é necessariamente tão casual assim, mas dá para usar sim no dia a dia, com legging e um casaco, com jeans justo e uma jaqueta. O charme pode ser completo com acessórios diversos. Esse modelo é perfeito para diferentes tipos de looks.

Como escolher o modelo ideal?

Meninas, vamos combinar que é muito tentador comprarmos a primeira bota over the knee que a gente vê pela frente. Mas isso é muito fácil de gerar arrependimento logo depois e eu vou explicar o por quê. Eu não sei vocês, mas eu por exemplo, fico horas tentando escolher apenas um par de botas over the knee diante de uma infinidade de opções. Alguns detalhes podem fazer toda a diferença na sua escolha. Vamos a eles:

  • Pernas: as gatas com pernas mais longas precisam escolher os modelos mais longos, literalmente. Porque mesmo os modelos over the knee podem não ter o efeito desejado no final. As mulheres com pernas mais grossas, principalmente as panturrilhas, podem optar por modelos com tecidos mais molinhos como veludo e com trançado para poder abrir a largura. Alguns modelos já contam com elásticos e materiais que se ajustam à largura das pernas.
  • Conforto: as mulheres que não abrem mão de se sentir bem, podem apostar nas botas com tecidos mais moles e saltos mais baixos. Esses modelos são perfeitos para usar em diferentes ambientes e até para viajar, porque por ser mole, ela pode caber na mala sem ocupar tanto espaço e dá para andar o quanto quiser nas viagens.

  • Salto: os saltos são aliados das mulheres que querem parecer mais altas. Os saltos mais grossos são perfeitos para quem quer altura aliada ao conforto. Já quem não abre mão da delicadeza e da sensualidade pode apostar nos saltos mais altos e finos.
  • Versatilidade: os modelos que dobram são perfeitos para quem gosta de variar. Dependendo da roupa, você pode escolher tanto o modelo over the knee quanto na versão mais curta dobrado, que dá um look super charmoso.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Como usar bota cano curto?

Mitos e verdades sobre a over the knee

Hey, gatas, agora vamos desmistificar algumas lendas que envolvem esse modelo de bota. Muitas mulheres ficam de queixo caído ao ver os desfiles e famosas com visuais lacradores com as botas over the knee e acham que não podem usar.

Isso é mito: este é um modelo de bota que pode ser usado por todos os tipos de mulheres, independente de altura e de idade. Quem pensava que este é um modelo proibido para as baixinhas, se enganou.

As opções de salto ou combinadas com saias midi podem alongar ainda mais a silhueta. Quem também acha que este é um modelo exclusivo para mulheres jovens, já pode mudar de ideia e começar a ver que esse modelo não tem idade.

Depois de tantas dicas e inspirações, agora só correr na Shafa e escolher seu novo modelo de bota over the knee.