Nós, mulheres, sabemos que de vez em quando falta criatividade para escolher o modelo certo de vestido para arrasar naquele compromisso. Há quem pense que ter muitas opções pode facilitar, quando na verdade, pode ser o contrário. Quem nunca travou na frente do guarda-roupa diante de inúmeras opções de vestidos sem saber qual escolher? Não é à toa que as vitrines virtuais de moda feminina, como a Shafa, estão sempre recheadas de opções de inúmeros modelos de vestidos e não param de vender.

Meninas, convenhamos que um dos maiores dilemas da vida moderna é: quanto maior a variedade, maior a dúvida. Isso se aplica como nunca aos vestidos. Essa é uma das peças mais antigas do mundo da moda, mas o vestido também sempre foi um dos queridinhos dos fashionistas e isso explica a quantidade de modelos, variações, comprimentos e estilos de perder de vista. Na hora de escolher o modelo ideal para valorizar seu corpo e de acordo com o momento, algumas dicas podem ajudar.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Vestido de renda: uma peça que não pode faltar no seu guarda-roupa

Vestidos longos deixam qualquer mulher sofisticada

Se existe um modelo que toda mulher ama e precisa ter pelo menos uma peça é o vestido longo. As mais altas amam de paixão porque ele oculta as pernas e as mais baixinhas podem ganhar alguns centímetros a mais, principalmente os modelos com decote em V e com abertura maior nas pernas. Estes vestidos são versáteis e podem ser usados o ano inteiro.

As mulheres que querem arrasar na sensualidade podem apostar em um vestido longo envelope. Eu amei esse modelo com estampas que dão toda leveza e charme ao visual: clique aqui.

Os modelos longos também ajudam a modelar a silhueta e valorizar as curvas, alguns dão a impressão de uma cintura mais fina, outros valorizam os ombros, o quadril e outros até levantam bumbum.

Amigas, quem não quer um vestido assim como esse?

Vestido tubinho: inspire-se no clássico mais amado pelas brasileiras

Meninas, sejamos sinceras: toda mulher sonha ou já sonhou usar um vestido tubinho. Algumas são mais despojadas e ousadas e já usam e abusam desse modelito feminino e sensual. Outras ainda podem estar mais tímidas. Uma coisa é fato. Toda mulher pode e deve usar aquilo que quiser, desde que faça o teste do espelho e se sentir bem, vá em frente.

O vestido tubinho aguça o desejo das mulheres para vestir um, porque é o tipo de look que fica em contato direto com o corpo, sem contar o conforto e a comodidade de uma peça que acompanha nosso movimento. E o melhor de tudo é que todas as mulheres podem usar um tubinho. As amigas que usam plus size podem apostar no modelo, de preferência nas versões lisas, sem muita estampa, com um tecido com bom caimento. Os modelos de manga dão um tom ainda mais sensual e ajudam equilibrar a silhueta. Olha que lindo este modelo.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Vestido curto: a peça mais fresca do closet ganha as ruas

Nem tudo são flores! Saiba quais os principais erros na hora de escolher o vestido

Que a moda é democrática, todo mundo sabe. Os vestidos estão sempre exalando estilo nas vitrines e passarelas para serem usados por todas as mulheres. Mesmo assim, alguns cuidados são fundamentais para evitar cometer alguns erros simples. Confira as dicas:

Comprimento: vestidos longos demais ou curtos podem destoar o visual. Na dúvida, faça o teste do espelho. No geral, vestidos longos arrastando no chão podem ficar estranhos e sendo um modelo longo, mas curto demais também pode não cair bem.

Modelo: um vestido para usar durante o dia pode ter tons mais claros e um a noite pode ter tons mais escuros. O ideal é evitar excesso de brilhos para eventos diurnos ou lugares muito claros. O contrário também se aplica: vestidos muito leves em um evento muito sofisticado podem não combinar.

Com tantas dicas, só esperamos que você tenha conseguido ler o texto até o final antes de correr para uma vitrine virtual e escolher aquele modelo que você sempre quis comprar e até então não tinha tido coragem.